Coquetéis

A origem do Black Velvet

Por  | 

O Black Velvet (Veludo Negro) é um drinque clássico, muito bom para quem gosta de beber cerveja do tipo stout no frio. Harmoniza bem com ostras, carne de porco e até sobremesas que não sejam muito doces, como bolos recheados com geleia de damasco. Mas você conhece a origem do Black Velvet?

O nome do drinque faz referência às braçadeiras de veludo usadas pelas rezadeiras no enterro do príncipe Albert, consorte da Rainha Victoria da Inglaterra, no ano de 1861. A primeira vez que o Black Velvet surgiu em um bar foi no Brooks’s Club, em Londres. Será que foi essa a bebida que serviram no enterro, para “beber o morto”?

É um drinque bastante simples na sua preparação, ou melhor, singelo, mas tem um sabor marcante e personalidade forte. Vamos aos ingredientes:

Originalmente, o Black Velvet é feito com cerveja Guiness, do estilo dry stout, e champagne, servidos em partes iguais. Mas você pode substituir a Guiness por outra cerveja stout que mais lhe agradar e trocar o champagne por um espumante seco. É importante que ambas as bebidas estejam bem geladas no momento de servir, a fim de evitar a formação de mais espuma, pois o estilo da cerveja naturalmente forma carbonatação, e os espumantes também. Misture os dois sem estarem bem gelados e verá um vulcão em erupção.

Você pode preparar drinques individuais em taças geladas do tipo flûte – é muito importante que a taça esteja gelada, senão o champagne espuma e transborda ao entrar em contato com a parede do copo. Sirva o espumante até a metade e complete com a cerveja. Outra forma de preparar é usando uma jarra: coloque os ingredientes em partes iguais e sirva em taças do tipo flûte.

Dependendo da densidade da cerveja que você utilizar, já que algumas marcas são bem mais encorpadas, pode ser que as duas bebidas não se misturem. Isso dará um aspecto visual interessante ao drinque – o Black Velvet ficará bifásico, mas sem alteração do sabor.

VEJA OUTROS POSTS DA SEÇÃO VOCÊ TEM SEDE DE QUÊ?

Deixe seu Comentário!

comentários

Deise Novakoski

Atualmente, Deise Novakoski exerce a função de sommelière e bartender, trabalha como consultora na Academia da Cachaça e no Torna Pub e assina a coluna “Você tem Sede de Quê?”, publicada em seu site.