Vinhos

Dia das Bruxas

Por  | 

Em minha opinião, não passava de uma tremenda palhaçada essa mania de americano de comemorar o Dia das Bruxas. Até o ano em que saí com uma abóbora de plástico pendurada no braço direito, escoltando duas crianças fantasiadas que batiam de porta em porta e pediam doces. Uma delas, hoje com 21 anos, garante que jamais usou fantasia de Baby Bopo a irmã do Barney*. Foi com ela e o irmão que vivi esse momento mágico de ser tia em 1998. Valeu cada noc, noc que dei naquele dia. São lembranças deliciosas, sem preço e insubstituíveis. Tenho outros sobrinhos, e até um sobrinho-neto, com os quais vamos construindo outras memórias inestimáveis de cada fase da vida. Mas esse Dia das Bruxas vivido com PJ e Caitlin foi único.

Pronto falei!

Lembrei de tudo isso porque encontrei nos meus alfarrábios as páginas de uma revista que ensina a fazer umas decorações para o Dia das Bruxas com garrafas de vinho. Achei tudo tão simples e fácil de fazer que não tive dúvidas: guardei as páginas da revista, imaginando que um dia teríamos outra comemoração como aquela.

Pois não é que a vida nos guarda surpresas melhores do que nossas intenções. Hoje posso compartilhar as ideias aqui no site com todos. Vejam logo abaixo as sugestões para decorar garrafas de vinho (vazias, claro!).

Outra coisa que guardei e acho muito apropriado para se produzir nesta temporada é a receita da  “sopa de erva daninha”, que obviamente não é feita de erva daninha. Tudo vai depender da cultura geral do cozinheiro.

Trata-se de guasca ou galinsoga, erva nativa da América do Sul que cresce livremente por aí nos jardins, feito erva daninha de verdade, e dá uma florzinha amarelinha. Em Portugal, ela é conhecida como erva-da-moda e, em algumas regiões do Brasil, como picão branco. Claro que você não vai encontrar no mercado para vender, especialmente se estiver em uma capital. O negócio é arrancar de algum jardim, lavar bem,reservando uma parte para fazer o seu vasinho em casa.

Sopa de Erva Daninha

Ingredientes:

  • 3 dentes de alho picados
  • 1 cebola pequena picada
  • 1 colher (sopa) de óleo de canola
  • ½ xícara de grão de milho cru
  • ½ de batata cortada em cubos
  • 1 ½ litros de caldo de frango
  • 1  xícara de galinsoga
  • 2 colheres de sopa de folhas de coentro
  • 1 e ½ xícaras de peito de frango cozido e desfiado grosseiramente
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:

Em uma panela do tipo caçarola, aqueça o óleo e faça um refogadinho com o alho, a cebola e as folhas de coentro, junte o peito de frango e deixe dourar. Coloque o caldo de frango, deixe levantar fervura, junte a batata e o milho. Deixe ferver por 20 minutos, coloque sal a gosto e a galinsoga, Deixe cozinhar até a batata e o milho ficarem macios. Na hora de servir, moa pimenta-do-reino. Um ovo solto no fundo do prato e a sopa quente por cima darão um efeito bem interessante para esta refeição de bruxa. As crianças vão adorar!

* Barney & Friends é uma série de televisão independente direcionada ao público infantil, produzida nos Estados Unidos desde 1992. A série, destinada especialmente às crianças, apresenta Barney (um dinossauro rosa e verde de quatro metros de altura), seus amigos Baby Bopu, BJu e Riffinor, mais um grupo de crianças. Juntos, eles cantam, dançam e estimulam a imaginação da garotada. Várias estrelas,como Demi Lovato, Selena Gomez, Debby Ryan e GB passaram pelo programa quando pequenas.

Especialistas em desenvolvimento infantil supervisionam cada episódio — desde a criação do conceito até sua produção — garantindo que o conteúdo seja transmitido de acordo com o nível de aprendizado das crianças. Carinhoso, animado e muito amistoso, Barney é o amigo que todas elas querem ter.

 

Deixe seu Comentário!

comentários

Deise Novakoski

Atualmente, Deise Novakoski exerce a função de sommelière e bartender, trabalha como consultora na Academia da Cachaça e no Torna Pub e assina a coluna “Você tem Sede de Quê?”, publicada em seu site.