Vinhos

Elas fazem diferença

Por  | 

Madame Lily Bollinger dizia: “Eu bebo champanhe quando estou contente e quando estou triste; às vezes, bebo quando estou sozinha, mas quando estou acompanhada considero uma obrigação; beberico quando estou sem fome, e bebo de verdade quando estou com fome. Fora isso, nunca bebo champanhe… a não ser quando estou com sede”. Ela não citou a praia, obviamente, porque nunca esteve no Rio de Janeiro 🙂

Dona Antonia Ferreira

Dona Antonia Ferreira

Ferreirinha – como passou a ser conhecida  Dona Antônia Adelaide Ferreira, que, aos 33 anos, passou a gerir a empresa fundada por sua família em 1751 – é outra mulher do mundo de Baco cujo espírito empreendedor e carisma ainda hoje são referências. Administradora justa e preocupada com a qualidade de vida de seus funcionários, passou para a história por seu empreendedorismo e, mais ainda, por seus valores humanistas. Tanto assim que seus herdeiros criaram, em 1988, um prêmio anual que destaca mulheres cujos valores pessoais e profissionais se identificam com o perfil de vida e obra da “Ferreirinha”. Não precisa dizer que, antes de tudo, é preciso ser uma portuguesa com certeza.

Nunca fui de homenagear o dia da mulher (festejado semana passada, dia 8 de março) pois, francamente, ainda acho que falta muito para se comemorar e não quero criar este tipo de conversa aqui. Então, sempre preferi deixar a data passar em branco. Porém, este ano fiquei com muita vontade de destacar algumas mulheres que fazem diferença neste mundão de Baco. As duas primeiras são as mais experientes e estiveram por aqui em outros tempos. As demais são mulheres que estão mandando no mercado do vinho nos dias de hoje, e não deixam nada a desejar em relação às suas sucessoras. Vejam só quanta energia e determinação:

MARILISA ALLEGRINI (ALLEGRINI)

Marilisa Allegrini

Marilisa Allegrini

A família Allegrini desempenha o papel de protagonista na história do vinho do Vêneto desde o século XVI. Muito do que a Allegrini é hoje se deve à inteligência, trabalho árduo e visão de Giovanni Allegrini, o homem que formulou as bases do eficiente e inovador projeto agrícola da empresa e investiu em vinhedos com terroirs excepcionais. Os filhos de Giovanni – Franco, Walter (in memoriam) e Marilisa  – herdaram seu amor pela terra, consolidando e expandindo o projeto agrícola do pai. À frente da vinícola, Marilisa Allegrini, com muita paixão, capricho e trabalho, liderou a expansão do grupo Allegrini para além de Valpolicella, “aventurando-se” na Toscana: em 2001, junto com seu falecido irmão Walter, ela fundou a Poggio al Tesoro, em Bolgheri. Já em 2006, adquiriu a San Polo, uma linda propriedade em Montalcino.

“Poupar energia e ter baixo impacto na paisagem são a nossa inspiração.” (MARILISA ALLEGRINI, Allegrini)

SILVIA FRANCO (NINO FRANCO)

Silvia Franco

Silvia Franco

Antonio Franco fundou a “Cantine Franco” em 1919, no município de Valdobbiadene, localizado na região pré-alpina do Vêneto e famoso por seus espumantes. A vinícola da família Franco se orgulha de ser uma das mais antigas produtoras de vinho de Valdobbiadene e, graças a uma cuidadosa e sábia gestão, vem crescendo e evoluindo ao longo de quatro gerações. Antonio fundou a casa, Nino a expandiu e rebatizou, e Primo – ajudado por sua mulher, Annalisa, e, atualmente, também por sua filha Silvia Franco, vem incrementando a performance da vinícola durante as três últimas décadas.

ALEXANDRA E STÉPHANIE DE NONANCOURT (LAURENT-PERRIER)

Alexandra e Stéphanie da vinícola de Laurent-Perrier

Alexandra e Stéphanie da vinícola de Laurent-Perrier

A Laurent-Perrier está na vanguarda da produção de champanhes únicos e elegantes, e vem dedicando sua história e know-how à construção dessa que é uma das casas mais respeitadas de champanhe e, também, a maior vinícola familiar da região. Laurent-Perrier é sofisticação, elegância, história e tradição, mas, acima de tudo, é champanhe de elevada qualidade! Hoje a vinícola está sob o comando das irmãs Alexandra Pereyre de Nonancourt e Stéphanie Meneux de Nonancourt, filhas de Bernard de Nonancourt, criador do estilo atual da casa e de seus produtos mais vanguardistas, como o Cuvée Rosé e o Cuvée Grand Siècle. Atualmente, os esforços das duas poderosas irmãs estão focados em perpetuar os rigorosos padrões de seu pai, além da elegância e da independência da Casa, ao mesmo tempo em que preservam a visão epicurista da marca.

CAROLINA E YOLANDA GARCÍA VIADERO (VALDUERO)

Carolina e Yolanda García Viadero

Carolina e Yolanda García Viadero

A Valduero é uma bodega familiar e uma das primeiras da D.O. Ribera del Duero, fundada por Gregorio García Álvarez em 1984, no pequeno vilarejo de Gumiel de Mercado. A Valduero é uma bodega consagrada pelo público consumidor e especialistas, é o que atestam as diversas medalhas de ouro e prata conquistadas nos mais respeitados concursos internacionais. Atualmente, a vinícola é comandada pelas irmãs Carolina e Yolanda García Viadero (única mulher membro do Pleno del Consejo de la Ribera del Duero).

“Valduero é um grande vinho porque nasce, cresce e envelhece com a arte do ofício, seriedade, elegância e honestidade” (CAROLINA GARCÍA VIADERO, Valduero)

“Penso que o nosso sucesso foi vincular-nos à vinha, entender que cada vinho está envelhecendo desde o nascimento” (YOLANDA GARCÍA VIADERO, Valduero)

BEATRIZ PANIAGUA (FINCA CONSTANCIA)

Beatriz Paniagua

Beatriz Paniagua

Uma das mais jovens estrelas da constelação González Byass, a Finca Constancia é o ponto culminante de um projeto cujo protagonista é o vinhedo, em um conceito de château do século XXI. A adega foi construída em 2006 utilizando as técnicas mais modernas, e tudo foi pensando para privilegiar a qualidade do vinho. Beatriz Paniagua é a enóloga da vinícola, que já recebeu numerosos prêmios, apesar da pouca idade, como os 91 pontos do vinho Finca Constancia Selección 2011.

“Personalidade e identidade são duas características que selam cada um dos vinhos que produzimos em Finca Constancia” (BEATRIZ PANIAGUA, Finca Constancia)

Guarde esse nomes. Você certamente irá reconhecê-los nas melhores cartas de vinhos daqui e alhures.

Deixe seu Comentário!

comentários

Deise Novakoski

Atualmente, Deise Novakoski exerce a função de sommelière e bartender, trabalha como consultora na Academia da Cachaça e no Torna Pub e assina a coluna “Você tem Sede de Quê?”, publicada em seu site.