Cachaças

Soltaram a Cachaça no Rio Design Barra

Por  | 

Carnaval e cachaça já são uma combinação conhecida e de sucesso. Mas e carnaval, cachaça e shopping na Barra? Mais ainda, carnaval, cachaça, shopping na Barra e restaurante de culinária argentina. Sim, a harmonia não só é possível como cai muito bem para quem quer comer e beber bem nestes dias de folia. Num ar condicionado, porque ninguém é de ferro embaixo da fantasia de folião. Pois o Rio Design Barra, em parceria com a Associação dos Produtores de Cachaça do Estado do Rio de Janeiro (Apacerj), promove sua primeira edição do Festival de Gastronomia e Cachaça, que começou no sábado, dia 6, e vai até 14 de fevereiro, o sábado das campeãs, em seus restaurantes. E o Corrientes 348 é uma das opções de lugar para fazer novas e prazerosas experiências com a água que passarinho não bebe.Funciona assim: os visitantes que escolherem os pratos participantes da promoção em cada casa participante do festival ganham uma dose (20ml) de cachaça premium que combina com sua escolha. E quem consumir acima de R$500 nos restaurantes durante o período ganhará uma garrafa da cachaça Magnífica Reserva Soleira (700ml), que foi eleita a melhor do Rio de Janeiro e a segunda melhor do Brasil.

Além do Corrientes 348, tem opções no In House (carne seca e, aos sábados, feijoada light), Adegão Português (arroz de costelinha e, sextas e sábados, feijoada), Alessandro & Frederico (filé mignon em tiras, ervas frescas, farofa de alho, feijão, arroz, ovo pochê, couve mineira e pastelzinho de banana), Depósito Gourmet (bombom de alcatra com arroz crocante e cannelés de feijão), O Camarada (caldinho de camarão), Azzurra (feijoada), Fiammetta (Risotto Fiamma, com arroz negro puxado no azeite, ervas da Provence e queijo pecorino), Balada Mix (carne Seca acebolada, com arroz branco, couve refogada, farofa de banana com castanha e feijão preto), Devassa (feijoada), CT BOUCHERIE (aipim crisp com queijo brie derretido e geleia de pimenta), Gula- Gula (Picadinho Brasileirinho, com mignon ao molho de vinho, farofa amarela, arroz branco, pastel de banana, tomate concassé, mini milho, ovo frito e couve frita) e Kotobuki (ceviche). Para acompanhar, as cachaças Coqueiro, da Quinta, Duvalle, Engenho D´Ouro, Fazenda Soledade, Magnífica, Pedra Branca, Sete Engenhos ou Werneck.

Você pode ir na boa (quem duvida da perfeição do casamento entre cachaça e feijoada?) ou arriscar parcerias da bebida com pratos como o ceviche, servido num restaurante japonês. Foi o que fizemos: trocamos o Malbec da argentina Catena Zapata, geralmente sugerido no Corrientes 348 para escoltar o Matambrito (capa da costela desfiada, R$ 28 por uma muito bem servida meia porção, que dá para dois), por uma dose da brasileiríssima (e fluminense) Cachaça da Quinta armazenada em tonel de amburana. Foi uma boa pedida não só com a entrada sugerida, mas também com o prato principal: bife de chorizo (600g de contra filé da melhor qualidade), por R$ 137; Patasso Provenzal (batatas fritas ao murro com alho e salsinha), R$ 29; Arroz Parrillero (arroz com linguiça picante, ovo e batata palha), por R$ 29; e salada caprese (além dos básicos tomate, muçarela de búfala e manjericão, em redução de balsâmico, um delicioso presunto cru).

É carnaval. A jornalista Paula Autran, colaboradora deste site, esteve no restaurante a convite da assessoria de imprensa do shopping.

Serviço:

Festival de Gastronomia e Cachaça do Rio Design Barra
 De 6 a 14 de fevereiro
Rio Design Barra, na Avenida das Américas7777, Barra da Tijuca
Das 12h às 22h

Deixe seu Comentário!

comentários

Deise Novakoski

Atualmente, Deise Novakoski exerce a função de sommelière e bartender, trabalha como consultora na Academia da Cachaça e no Torna Pub e assina a coluna “Você tem Sede de Quê?”, publicada em seu site.