Vambora

Wine Flight

Por  | 

Tem medo de avião ou quer relaxar às portas do embarque, no Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, o Galeão, no Rio? Já dá para fazer um “voo” no recém inaugurado Wine Flight, primeiro bar de vinhos do local. Localizada no embarque do terminal 2, em frente ao portão 39, a casa serve vinhos, além de um menu de petiscos ideal para acompanhar a bebida. O Wine Flight também oferece um charmoso carrinho que circula pelo saguão do aeroporto com opções de vinho em taça.

Os flights que dão nome à casa se tratam de três taças de 50 ml cada, servidas em sequência e agrupados por nacionalidade ou estilo. A proposta é uma boa pedida para quem quer se familiarizar com um determinado perfil de vinho. São seis opções inspiradas em países como Portugal (“Uma visita à Terrinha”) e Austrália (“Na terra dos cangurus”). Há ainda uma compilação de rótulos sulamericanos, com vinhos de Brasil, Argentina e Chile.

Wine Flight | Deise Novakoski
Assinada pelo empresário Marcos Mello, a carta de vinhos do lugar conta com 70 rótulos em garrafa e 19 em taça (preservados com gás argônio). Na carta, os destaques são os produtores franceses, como Chateau de Peyrasol e Chateau de Malescasse, assim como os premiados Bremerton, da Austrália. Mas também é possível optar por rótulos italianos (Amarone dela Valpolicella, Mocali Rosso di Montalcino), sul-africanos, portugueses, chilenos, argentinos e brasileiros (com destaque para os espumantes). Para acompanhá-los, há um cardápio de petiscos como caponata de berinjela, mousses de salmão, ricota com gengibre, e de queijo com castanha do Pará, porção de queijo de cabra e tábua de frios com salames, presuntos e queijos.

À frente do empreendimento, além do próprio Marcos Mello, estão o empresário Freddy Stehlin, da importadora Ruby Wines/ Ollin e a empresa franco-belga UnJour a Peyrassol, proprietária do restaurante de mesmo nome, com filiais em Bruxelas, Paris e Saint Tropez, e do Chateau de Peyrassol, na Provence.

Serviço:

Wine Flight
Terminal 2 do Aeroporto Internacional Internacional Antônio Carlos Jobim, o galeão (Av. Vinte de Janeiro s/n, embarque do terminal 2, no Rio de Janeiro).

De segunda a domingo, das 11h à meia-noite

Capacidade: 34 lugares

Deixe seu Comentário!

comentários

Deise Novakoski

Atualmente, Deise Novakoski exerce a função de sommelière e bartender, trabalha como consultora na Academia da Cachaça e no Torna Pub e assina a coluna “Você tem Sede de Quê?”, publicada em seu site.